Antena 1 e Diário do Alentejo distinguidos com prémio de jornalismo na área da Dor

5ª Edição do Prémio de Jornalismo Dor já tem vencedores

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor e a Fundação Grünenthal acabam de distinguir as jornalistas Arlinda Brandão e Nélia Pedrosa, pela originalidade, qualidade e interesse dos trabalhos realizados em prol da divulgação do tratamento da dor.

Arlinda Brandão, jornalista da Antena 1, venceu o primeiro prémio com uma reportagem sobre os cuidados paliativos, realizada em várias unidades hospitalares de Lisboa. Já a jornalista do Diário do Alentejo, Nélia Pedrosa, venceu o segundo prémio pela reportagem sobre a Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos Beja +.

O júri foi composto por Miguel Vieira e Paulo Camacho indigitados pela Associação Portuguesa para o Estudo da Dor, João Amoedo pela Fundação Grünenthal e Sofia Branco e Isabel Nery pelo Sindicato dos Jornalistas.

O Prémio de Jornalismo Dor será entregue, a partir das 17h, no decorrer da Sessão comemorativa do Dia Nacional de Luta Contra a Dor, no dia 21 de outubro, no Hotel Real Oeiras.

De acordo com a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) a dor é uma experiência multidimensional desagradável, envolvendo não só uma componente sensorial mas também uma componente emocional, e que se associa a uma lesão tecidular concreta ou potencial, ou é descrita em função dessa lesão.


A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor tem por objetivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e tratamento da dor de acordo com os parâmetros estabelecidos pela International Association for the Study of Pain (IASP). Para mais informações consulte www.apeddor.com.

A Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que tem por fim primordial a investigação e a culturacientífica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respetivo tratamento. Para mais informações consulte www.fundacaogrunenthal.pt.


Informações adicionais:

Andreia Garcia (LPM Comunicação)
Tel . 21 850 81 10/91 994 78 96
andreiagarcia@lpmcom.pt

Ed . Lisboa Oriente, Av. Infante D. Henrique , 333 H - Escritório 49, 1800-282 Lisboa

www.lpmcom.pt

ligado:  14 Out 2016

Voltar

 
  • © Fundação Grünenthal
  • Contraste
  • Texto + -
  • Imprimir
  • Compartir en: facebook
  • Compartir en: twitter
  • rss