1ª edição 2011/2012

Destak e TVI vencem primeiro prémio de jornalismo na área da DOR

15 de Outubro: A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor e a Fundação Grünenthal acabam de distinguir as jornalistas Carla Marina Mendes e Ana Leal, pela qualidade e interesse dos trabalhos realizados em prol da divulgação da dor.

Carla Marina Mendes, do Jornal Destak, venceu o prémio na categoria de imprensa com o trabalho “Um exemplo vindo do sul”. Já a jornalista da TVI, Ana Leal, foi a vencedora na categoria de televisão pela reportagem “Condição Humana”.

A cerimónia de entrega dos prémios irá decorrer no dia 19 de Outubro, pelas 17h30m, na Escola Superior de Saúde de Leiria, no âmbito das comemorações do Dia Nacional de Luta Contra a Dor.

O júri foi composto por Miguel Vieira e Paulo Camacho indigitados pela Associação Portuguesa para o Estudo da Dor, João Amoedo pela Fundação Grünenthal e Ana Goulart e Rosária Rato pelo Sindicato dos Jornalistas. Para efeitos de avaliação dos trabalhos a concurso foram tidos em conta os critérios de coerência com os objectivos do prémio, criatividade, investigação, relevância e qualidade.

O valor total do prémio (3.000 euros) será equitativamente dividido pelos dois trabalhos vencedores.

A dor crónica é uma situação de dor persistente que, se não for adequadamente tratada, poderá afetar gravemente a qualidade de vida das pessoas e conduzir à incapacidade para o trabalho. Em Portugal, a dor crónica afecta mais de 30 por cento da população adulta.

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor tem por objectivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e tratamento da dor de acordo com os parâmetros estabelecidos pela International Association for the Study of Pain (IASP). Para mais informações consulte www.aped-dor.com .

A Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que tem por fim primordial a investigação e a cultura científica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respectivo tratamento. Para mais informações consulte www.fundacaogrunenthal.pt

ligado:  16 Out 2012

Voltar

 
  • © Fundação Grünenthal
  • Contraste
  • Texto + -
  • Imprimir
  • Compartir en: facebook
  • Compartir en: twitter
  • rss